Maria e o Carmelo

Por  quê o Carmelo é chamado a Ordem da Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo?

Porque os primeiros Carmelitas que se estabeleceram no Monte Carmelo, voltaram-se espontaneamente para Maria, vendo nela a Mãe dedicada, a Irmã que compartilha a mesma vida, a Mestra de oração e de escuta da Palavra de Deus, "modelo e ideal de consagração, enfim, o protótipo do verdadeiro Carmelita.

 

   

   O Carmelo é a Ordem de Maria.

E foi no Monte Carmelo que se construiu a primeira Capela à Ela dedicada.   Maria é a Rainha e Formosura do Carmelo.

 

Vida Mariana

 

"As Carmelitas Descalças, chamadas a fazer parte da Ordem da Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo, pertencem a uma família consagrada especialmente a seu amor e culto, e tendem à perfeição evangélica em comunhão com a Santa Mãe de Deus. A presença de Maria entre suas filhas e irmãs impregna totalmente a vocação carmelitana, e confere uma marca mariana particular à comunhão fraterna, à abnegação evangélica e ao espírito  apostólico. Cada irmã acolhe Maria como Mãe e Mestra espiritual, para ser configurada a Cristo e chegar, assim, aos vértices da santidade. Por meio da Profissão, as Irmãs unem-se à Virgem Maria de um modo particular; e, trazendo o Escapulário, manifestam a pertença à sua Ordem e compromisso de revestirem-se de suas virtudes."   (Const. 53 e 55).

Louvai a Deus, Irmãs minhas, cujo hábito indignamente trazemos...

Imitai-a e considerai qual deve ser a grandeza desta Senhora e o bem   de a ter por Patrona." 
(Santa Teresa de Jesus)

"De Maria, o que direi?
É minha Mãe!    (Santa Teresinha)  

"Honrar Maria é para nós, Carmelitas, um ponto essencial.
Nós a amamos quando nos esforçamos por imitar suas virtudes." 
(São Rafael Kalinowski)