Vida Fraterna

"Aqui todas devem ser amigas, todas hão de se amar, todas hão de se querer, todas hão de se ajudar".     (Santa Teresa de Jesus)

"A exemplo da Igreja primitiva, a vida comunitária proposta pela Regra do Carmelo e renovada por Santa Teresa exige que as irmãs, convocadas e reunidas como pequeno "Colégio de Cristo", ajudem-se mutuamente no caminho da santidade, tendo como norma suprema o amor que o Mestre recomendou a seus discípulos e manifestou, dando a vida por nós.

De acordo com o ensinamento de Santa Teresa, o estilo de vida comunitária caracteriza-se pelo sentido de igualdade evangélica e pela franca sinceridade no trato, pela mútua partilha das alegrias e tristezas, dentro de uma pequena família, à qual as irmãs se ligam por toda a vida...em um clima de alegria e afabilidade." (Const. 87 - 88) 

“As Irmãs, sabendo-se reunidas pelo Senhor na mesma Comunidade para viverem juntas sua vocação, procurarão crescer sempre na entrega e no compromisso de comunhão. Esta exige constância diária na estima e na acolhida mútuas, amor concreto à própria Comunidade e compromisso de renovar sua vitalidade na Igreja”. (Const. 104)

"Desde o primeiro dia me senti em família. A isso, me ajudou o modo de ser das irmãs. Reinava na comunidade um ambiente de simplicidade e confiança apesar das diferenças de idades. Eu sabia que eram alegres, porém, quando me encontrei no meio delas vi que o que eu imaginava não era nem sombra da realidade."

(Santa Teresa de Los Andes)