- É o profeta da presença de Deus:que reconhece o Senhor numa brisa suave (cf. 1Rs 19, 12-13).

-É o profeta que intercede: abre e fecha os céus, alimenta, ressuscita um morto (cf. 1Rs 17, 1. 7-16.17-23).

São esses traços da vida de Elias que caracterizam a Ordem do Carmelo; a vida no deserto e na presença de Deus, zelo pela glória de Deus e intercessão em favor do povo.

Elias deixa no Monte Carmelo uma suscessão de "filhos dos profetas" (2Rs 2, 5), que procuram seguir-lhe os passos. Segundo a tradição histórica de nossa Ordem, com o advento de Cristo, esses "filhos dos profetas" tornaram-se cristãos, permanecendo contudo, no Monte Carmelo, como eremitas.

O tempo passa...No final do século XII e inicio do século XIII, um grupo de fiéis europeus, ex-combatentes das Cruzadas e peregrinos, passam a viver como eremitas no Monte Carmelo, junto à "fonte de Elias". Seu modo de vida é inspirado no profeta Elias e nos filhos dos profetas que ali viveram.

Por volta do ano 1209, Santo Alberto, Patriarca de Jerusalém lhes dá, conforme o seu pedido, uma Regra de vida. E eles passam a ser a Ordem dos Irmãos da Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo.

Em 1238, os Carmelitas (como passaram a ser chamados), são obrigados a deixar o monte Carmelo e se estabelecem na Europa, deixando de viver como eremitas, passando  a exercer trabalhos apostólicos, porém, conservando seu ideal contemplativo. Passam a constituir, assim, uma Ordem Mendicante.

 

 

O Carmelo - Suas Origens

Monte Carmelo

O Carmelo, a Ordem cuja fonte inspiradora é a mais antiga da Igreja, leva o nome de um monte da Palestina: o Monte Carmelo.

Sua origem está ligada à pessoa do profeta Elias, o profeta da "presença de    Deus", e que surge na Sagrada Escritura para lembrar ao povo de Israel a "Aliança"  com o Sen​hor dos Exércitos, aliança essa, que eles haviam abandonado para seguir outros deuses.

Elias, cujo nome significa "o Senhor é meu Deus", é o inspirador da Ordem do Carmelo.

- É o profeta solitário: sentindo sua fraqueza, e ameaçado de morte, foge para o deserto

e lá é sustentado por um alimento misterioso que Deus lhe envia (cf. 1Rs 19,1-8).

- É o profeta zeloso pela glória do Senhor: mata os profetas de Baal para provar ao povo de Israel

que o "Senhor é Deus" (cf. 1 Rs 18,21 e 1 Rs 19,10).

Monte Carmelo é uma montanha na costa de Israel com vista para o Mar Mediterrâneo. O seu nome (Karmel) significa "jardim" ou "campo fertil". A grande cidade israelita de Haifa localiza-se parcialmente sobre o Monte Carmelo, além de algumas outras cidades menores, como Nesher e Tirat Hakarmel. Este trata-se do local onde se deu o duelo espiritual entre o profeta Elias e os profetas de Baal. Foi no Monte Carmelo que Elias provou aos homens que o Deus de Israel era o verdadeiro Deus, e não Baal. O Monte Carmelo é históricamente interessante pela sua conexão com dois grandes profetas de Israel: Elias e Eliseu.